quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Vidente chinesa conhece Jesus em sonho e se torna evangelista

Ex-muçulmana agora vive "novo caminho" na China

Vidente chinesa conhece Jesus em sonho e se torna evangelista

A religião tradicional chinesa conhecida como ‘Shaman’, era a mais forte no noroeste do país milhares de anos atrás. Com o crescimento do islamismo em toda a China, um forma de sincretismo religioso se fortaleceu na região na década de 1950.
Apesar de se declararem islâmicos, muitos desses chineses continuavam consultando videntes. Amã era muito famosa em sua aldeia por possuir ‘poderes mágicos’. Era uma vidente shaman, que dava conselhos sobre tudo, revelando o dia certo para alguém se casar, e fazendo ‘trabalhos’ para se evitar acidentes de carro.
Em agradecimentos pelos seus serviços ela recebia muitas ofertas financeiras. Também gozava de prestígio em sua comunidade. Contudo, por causa de um grave problema de saúde, ela acabou ficando paralisada, presa a uma cama. Os médicos não conseguiam diagnosticar a doença.
Certo dia, ela teve um sonho. “Eu estava no banco detrás de um táxi e eu vi meu irmão mais velho dirigindo”, conta Amã, “só que ele estava dirigindo para a escuridão interminável. No lado direito, havia três homens que usavam roupas brancas e brilhantes, e se aproximavam de mim. Eles me disseram que era hora de fazer uma escolha. E eu vi dois homens à esquerda, de preto, me convidado para o seu lado. E eu pensei: prefiro vestes brancas! Escolhi os homens que brilham. E eles brilhavam tanto que não se podia ver seus rostos. ”
Quando acordou, percebeu que estava sendo curada. Logo começou a andar novamente e sabia que havia feito a escolha certa. “Através do meu sonho, eu sabia em meu coração que um dos homens vestindo roupas brancas era Jesus”, testemunha hoje. “Encontrei uma Bíblia e passei os dias seguintes lendo o Novo Testamento”.
Sua família, a maioria muçulmanos, diziam que ela se tornar uma seguidora de Jesus trazia vergonha a eles e à aldeia. “Eu sabia que tinha que compartilhar minha experiência com meu marido e ele também precisava de salvação”, assevera. No início ele se recusou a ouvi-la e eles  tiveram uma grande briga na noite que ela contou sobre sua experiência com Jesus.
Naquela noite, seu marido teve um sonho semelhante e acordou convencido que verdadeiramente Jesus é o único caminho. Mas a vida deles não era fácil. Foram perseguidos por seus parentes, que agrediram os filhos do casal.
Mesmo assim, Amã compartilhava o evangelho sempre que tinha oportunidade. Quando as pessoas a procuravam para obter ‘respostas espirituais’, passaram a ouvir sobre o “novo caminho” e são convidados a crer em Jesus. Muitas pessoas da sua aldeia e mesmo de aldeias vizinhas vieram ao Senhor por causa de seu testemunho.
Já existe um pequeno grupo na vila em que ela mora que se reúne para ler a Bíblia juntos semanalmente. Eles estão recebendo apoio de missionários da Portas Abertas, que compartilhou esse testemunho e pede orações, pois a polícia recentemente os proibiu de se reunir.

sábado, 24 de agosto de 2013

O Que Fazem os Demônios?


demonio vermelho
Em Lucas 13.11, nós vemos uma mulher que tinha um demônio de enfermidade, havia já dezoito anos. Porém, Jesus ensinou, que quem prendia aquela mulher, era o próprio Satanás através daquele demônio (Lc 13.16). Sendo assim, tudo que Satanás faz, os demônios também fazem sobre o seu comando. Satanás não é onipresente, nem onipotente, nem onisciente. Sua presença, poder e conhecimento são ampliados através de seus demônios. Vejamos o que eles fazem:
(1) Controlam o sistema mundial (Ef 6.12; 1 Jo 5.19).
(2) Estão por detrás de governos para influenciá-los (1 Cr 21.1; Dn 10.13,20; Ap 16.13,14).
(3) Promovem a idolatria (Lv 17.7; Dt 32.17; 2 Cr 11.15; Sl 106.37,38; Os 4.12; 1 Co 10.19-21).
(4) Promovem o espiritismo e as praticas de adivinhação (1 Sm 28.7; Ez 21.21; Os 4.12; At 16.16).
(5) Promovem as seitas e as heresias na Igreja (Gl 1.6-8; Cl 2.18.23; 1 Tm 4.1-5).
(6) Oprimem a humanidade, através dos ladrões, assassinos, e as forças da natureza (Jó 1.12-19).
(7) Colocam enfermidades: como mudez (Mt 9.32,33), surdez (Mc 9.25), cegueira (Mt 12.22), curvatura da coluna (Lc 13.11), epilepsia (Mt 17.15; Mc 9.20; Lc 9.42), e feridas malignas (Jó 2.7).
(8) Colocam desordens mentais: como violência e força anormal (Mc 5.4), gritaria e automutilação (Mc 5.5), andar nu pelas ruas (Lc 8.27), e ter tendência ao suicídio (Mc 9.22).
(9) Causam perseguições contra a Igreja (Ap 2.8-10).
(10) Tentam os crentes na área do sexo (1 Co 7.5).
(11) Cegam as mentes dos incrédulos ao evangelho (2 Co 4.3,4).
(12) Colocam pensamentos pecaminosos (Jo 13.2; At 5.3).
Entre essas e outras obras, realizadas por Satanás e seus demônios, temos certeza de uma coisa, o objetivo dessas forças espirituais, é sempre fazer o mal (Ef 6.12).



POSTADO POR PASTOR GENILDO ALVES.

domingo, 18 de dezembro de 2011

A terceira visão: a fita de medir.



A terceira visão: a fita de medir Zacarias 2.1-5
Tive ainda outra visão. Vi um homem segurando uma fita de medir e perguntei: — Aonde você vai? Ele respondeu: — Vou medir Jerusalém para saber o seu comprimento e a sua largura. Então vi que o anjo que havia falado comigo ia saindo. Nisso, outro anjo veio se encontrar com ele, e o primeiro anjo disse: — Corra depressa e diga ao rapaz que está com a fita de medir: “Jerusalém terá moradores de novo, e haverá tantas pessoas e tantos animais morando lá, que não será possível construir uma muralha em volta da cidade. Pois o SENHOR Deus promete que ele mesmo será como uma muralha de fogo em volta de Jerusalém e que ele morará na cidade e ali mostrará a sua glória.”




POSTADO POR PASTOR GENILDO ALVES.

Semana de 18 a 24 de dezembro ORAÇÃO.



DINAMARCA: Dê graças pelo bem-sucedido programa Bom Samaritano* na África e pelo trabalho que realizamos na Groenlândia e nas Ilhas Faroe. Ore por nosso sucesso no recrutamento de novos doadores para a Obra Bíblica internacional e para que possamos colocar a Bíblia em destaque e torná-la relevante no cenário nacional. Ore para que as escolas dinamarquesas adotem nosso material educacional cristão e que nossa Bíblia on-line continue a ser um sucesso. 

HOLANDA: Peça que Deus abençoe todos os esforços para combater a indiferença em nossa sociedade em relação ao engajamento com a Bíblia. Ao mesmo tempo, peça que o Senhor abençoe nossa parceria especial com Benin, Burkina Fasso e Togo na África Ocidental. Necessitamos de orações para projetos com crianças e jovens e também pela dedicação de voluntários e igrejas. E ore por nossa tradução da Bíblia para a língua comum. 

ISLÂNDIA: Ore para que este ano, em que nossa Sociedade Bíblica comemora 195 anos de serviço, seja proveitoso e tenhamos oportunidades para alcançar quem não conhece a Palavra de Deus. Peça para que a crise econômica que atingiu nosso país há dois anos seja um recomeço e ajude as pessoas a aprender a valorizar o tesouro dos Evangelhos e da Bíblia como um todo. 





POSTADO POR PASTOR GENILDO ALVES.

domingo, 13 de novembro de 2011

Eu Estou Farto! Basta!





Eu estou farto.
Farto de querer viver um Evangelho simples e sempre quererem complicar.
Farto de ver gente achando que ser cristão não exige esforço.
Farto de ver hipócritas pondo o dedo na cara das instituições religiosas mas faturando uma grana com seus sites antirreligião.
Farto de ver crentes que pecaram feio acusarem quem os exorta de legalistas para justificar seu pecado não-abandonado.
Farto da diabólica Teologia da Prosperidade.
Farto de expressões antibíblicas da herética Confissão Positiva, como “eu decreto…”, “eu  declaro…”, “eu tomo posse…”
Farto de ouvir a expressão “em nome de Jesus” ser usada como “abracadabra”.
Farto de conselhos de presbíteros que tratam pastores como funcionários.
Farto de pessoas que nunca leram a Biblia quererem ficar ensinando cristianismo a partir de experiências pessoais.
Farto de gente que diz “eis que te digo” sem que Deus tenha dito nada.
Farto de blogueiros aspirantes a palestrantes que querem se promover para serem convidados a falar em conferências teológicas.
Farto da vaidade gospel.
Farto de cantores gospel sem nenhum compromisso com o Evangelho.
Farto de letras de musicas gospel que em vez de exaltar Deus ficam pedindo a Ele para nos saciar após ter um romance conosco e abominações parecidas.
Eu estou farto da minha própria pecaminosidade.
Estou farto. Basta.
Basta de pastores que tratam a membresia como se fosse propriedade sua.
Basta de membros que vivem detonando seus pastores pelas costas.
Basta de pastores-poetas inventores de falsos evangelhos que destituem Deus de sua soberania.
Basta de cristãos preguiçosos que dizem que estudar Teologia deixa o crente frio.
Basta de teólogos que não vivem na dimensão do sobrenatural de Deus.
Basta da Teologia Liberal e seus absurdos.
Basta de se preocupar mais com o número de membros do que com a qualidade dos membros.
Basta de apelos que forjam falsas salvações só porque alguém foi à frente e levantou a mão.
Basta de achar que discipulado são meia dúzia de aulas sobre a fé, em vez de uma longa caminhada pessoal do cristão maduro com o novo-convertido.
Basta de impostações artificiais de voz na hora da pregação, simulando autoridade divina.
Basta de gente que sobe ao púlpito para fazer propaganda de livros, CDs e DVDs.
Basta de gente que nunca pegou um livro de História da Igreja e quer discutir sobre a Igreja dos nossos dias, repetindo os mesmos erros do passado.
Basta de jovens cristãos cheios de testosterona que querem revolucionar a Igreja mas não sabem de cor nem ao menos o fruto do espírito, os Dez Mandamentos ou os Profetas Menores.
Basta de achar que combater o diabo é mais importante que proclamar Cristo.
Basta de achar que o diabo manda mais na Terra do que Deus.
Basta de achar que algum pastor ou teólogo não possa falar enormes baboseiras bíblicas só porque ele tem mais followers no twitter ou amigos no Facebook.
Basta. Estou farto.
Estou farto de gente que fala mal de seus líderes pelas costas.
Estou farto do reteté vazio e sem sentido.
Estou farto de emergentes que acham que Jesus tem que dançar tecnopop para ganhar almas.
Estou farto do amor antibiico do universalismo.
Estou farto dos falsos Jesus ensinados por falsos mestres.
Estou farto de cristãos que condenam todos os pastores e todas as igejas porque tiveram uma ou duas más experiências.
Estou farto de cristãos que chamam outros de “fariseus” porque estes são obedientes ao que a Biblia diz.
Estou farto dos que dizem que Deus só é amor e fogem da verdade de que Ele também é justiça e se ira.
Estou farto de gente que constrói Deus segundo suas conveniências pessoais.
Estou farto de igrejas domésticas que acham que são mais autênticas só porque se chamam de “comunidades” e não pertencem a nenhuma denominação.
Estou farto de programas “evangélicos” na TV.
Estou farto da ignorância histórica que leva muitos a achar que o mal da Igreja são os templos.
Estou farto de gente que inventa que foi ao Céu ou ao Inferno para ganhar dinheiro vendendo livros ou dando testemunhos.
Estou farto de testemunhos e milagres inventados.
Estou farto de gente que acha que precisa “ajudar” Deus seja lá no que for.
Eu estou farto da minha própria pecaminosidade.
Estou farto. Basta.
Basta de cristãos querendo aparecer na igreja.
Basta de disputas políticas de baixíssimo nível em Convenções de denominações religiosas.
Basta de cristãos que buscam o poder humano.
Basta de gente que acha que pode ser cristão e maçom ao mesmo tempo.
Basta de jovens que acham que sabem tudo sobre a fé sem nunca ter pego a Bíblia.
Basta de condenar ao inferno a ortodoxia cristã que segue o que o próprio Cristo defendeu.
Basta de fingir que o inferno não existe.
Basta de novas denominações.
Basta de uma suposta união de diferentes setores da igreja em torno não de assuntos espirituais, mas de objetivos humanos.
Basta de grupecos que racham com igrejas por se achar os bastiões da fé verdadeira.
Basta da ignorância histórica e bíblica de que leva a achar que a Igreja primitiva era perfeita.
Basta de fingir que nas catacumbas dos primeiros séculos de cristianismo não havia desenhos e imagens.
Basta de marxismo travestido de cristianismo.
Basta de neoliberalismo travestido de cristianismo.
Basta de gente que peca justificando-se com a graça de Deus em vez de cair chorando de arrependimento.
Basta de pregações de autoajuda.
Basta de unções diabólicas de 900 reais.
Basta de empresários gananciosos disfarçados de pastores.
Basta de falsos pastores que manipulam a boa-fé do povo para faturar em cima.
Basta de a Igreja querer se misturar com o Governo.
Basta. Estou farto.
Estou farto do cristão que acha que Jesus encarnou no mundo, morreu e ressuscitou só pra fazer ação social.
Estou farto de cristãos que acham que Jesus encarnou no mundo, morreu e ressuscitou para acabar com a miséria do país.
Estou farto de cristãos  que acham que Jesus encarnou para nos fazer milionários.
Estou farto de cristãos que só pensam em dinheiro.
Estou farto de cristãos que usam a Igreja para ganhar dinheiro ilícito.
Estou farto de sacerdotes que traem tão excelente chamado para se candidatar a cargos políticos.
Estou farto de pastores que pedem dinheiro ao tráfico de drogas para erguer igrejas.
Estou farto de pastores que cedem os púlpitos para candidatos fazerem propaganda política.
Estou farto de cristãos discipulados por corinhos da moda.
Estou farto de crentes que prestam serviço sem dar nota fiscal.
Estou farto de seminaristas que colam na prova.
Estou farto de seminaristas que dizem não ter tempo para estudar mas nunca perdem o jogo de 4a feira à noite na TV ou a novela das oito.
Estou farto de programas de TV que se dizem evangelísticos mas que na verdade servem para vender produtos e divulgar igrejas.
Estou farto de celebridades gospel que usam a fama para faturar em vez de promover Jesus.
Estou farto de cristãos que acham que orar não basta, é preciso ser ativista.
Eu estou farto da minha própria pecaminosidade.
Estou farto. Basta.
Basta de igrejas que se maqueiam de muderninhas pra atrair jovens.
Basta de raves gospel.
Basta de tratar o Evangelho Sagrado como se fosse “uma coisa maneira”.
Basta de dizer que “religião” é sinônimo de “religiosidade”.
Basta de palavras fora do contexto.
Basta de pregações fora do contexto.
Basta de dizer que a instituição igreja e institucionalização farisaica da fé são a mesma coisa.
Basta de cristãos que esquartejam o Corpo de Cristo em “nós somos os da graça” e “eles os da religião”.
Basta de pastores arrogantes.
Basta de crentes arrogantes.
Basta de achar que Cristo gosta que pastores berrem e esbravejem na TV.
Basta de marchas inócuas para Jesus.
Basta de louvor no volume máximo à noite incomodando toda a vizinhança.
Basta de crentes que ofendem o não cristão em nome de evangelismo.
Basta de contestar o dizimo bíblico.
Basta de adesivos com versículos bíblicos em carros que ultrapassam o sinal vermelho e fazem bandalhas.
Basta de achar que ser cristão é só ir ao culto.
Basta. Estou farto.
Farto de igrejas que investem seu dinheiro naquilo que não glorifica Deus.
Farto de pastores que usam o dízimo sagrado para fazer negócios que em nada dignificam o nome do Senhor.
Farto de cristãos que passam cheques sem fundos.
Farto de líderes que fazem propaganda de políticos em troca de benefícios materiais.
Farto de pastores que se preocupam mais com construção de paredes do que pastorear ovelhas.
Farto de um cristianismo mais ligado à terra que ao Céu.
Farto de barbaridades feitas em nome de anjos.
Farto de crianças pregadoras.
Farto do joio.
Farto do trigo abusador.
Farto de grupos de dança de igreja que só servem para agradar homens e atrapalham o culto.
Farto de músicos de igreja que se mandam eles pararem de tocar abandonam a igreja.
Farto de crente que gosta de aparecer.
Farto de haver tantas coisas ligadas à fé que me fazem estar farto com tantas coisas ligadas à fé.
Eu estou farto da minha própria pecaminosidade.
.
Eu estou farto de gente que diz “eu estou farto” e “basta” mas não faz nada para mudar o que está errado.
.
Mas…
…meu consolo é que acredito piamente que Deus também está farto de tudo isso.
Paz a todos vocês que estão em Cristo.
Que o SENHOR tenha misericórdia de nós! AMÉM!
 
POSTADO POR MISS. PATRICIA ALVES.

sábado, 12 de novembro de 2011

Billy Graham completa 93 anos lançando novo livro e se dizendo “ansioso por ver como Deus ainda pode me usar”

Billy Graham completa 93 anos lançando novo livro e se dizendo “ansioso por ver como Deus ainda pode me usar” Billy Graham é um dos pastores mais conhecidos do mundo. Ele comemorou seu 93º aniversário no dia 7 de novembro e foi homenageado por diversos líderes que foram alcançados, de alguma forma, por suas mensagens.
“Feliz aniversário, e obrigado por tudo que tem feito e continua a fazer. É mais amado do que sabe”, escreveu Shawn Werre na página do evangelista no Facebook
Apesar da idade avançada Graham lançou recentemente mais um livro, “Nearing Home: Life, Faith, and Finishing Well” [Próximo do Lar Celestial: Vida, Fé e Acabar Bem] onde ele comenta sobre o envelhecimento e confessa as dificuldades que tem tido.
“Eu nunca pensei viver até esta idade. Toda a minha vida me ensinaram como morrer porquanto Cristão, mas nunca alguém me ensinou como deveria viver nos anos antes de eu morrer”, diz ele no livro.
Graham confessa que gostaria de ter ouvido falar como deveria viver nos últimos anos de vida. “Desejava que o fizessem, pois agora sou um homem velho, e acreditem, não é fácil,” confessa ele no livro que não é voltado só para idosos, mas também para todas as fases da vida.
Biblicamente ele relata que o Livro Sagrado não encobre os problemas que enfrentamos quando envelhecemos e “também não pinta a velhice como um tempo para ser desprezado ou um fardo para ser suportado com os dentes cerrados”, escreve o pastor que lembra que a Bíblia também não retrata os nossos últimos anos como “inúteis e ineficazes”, mas em vez disso ela “diz que Deus tem um motivo para nos manter aqui”.
Graham foi ordenado Convenção Batistas do Sul dos Estados Unidos em 1939 e ao longo desses anos pregou para mais de 210 milhões de pessoas em mais de 185 países. Sua última cruzada aconteceu em 2005, mas suas mensagens continuam sendo propagadas pela Associação Evangelística Billy Graham que agora também disponibiliza pregações online.
Diante dessa novidade o pastor batista se mostrou maravilhado em poder continuar a servir a Deus mesmo nos últimos anos de vida. “Estou ansioso por ver como Deus ainda me pode usar para O servir nestes últimos anos”, disse ele.



POSTADO POR PR. GENILDO ALVES.